O AFASTAMENTO DE DEUS

 

Enquanto estavam no Jardim do Éden, Adão e Eva eram felizes e tinham tudo o que precisavam. Eles não conheciam doenças, dor, sofrimento, miséria, preocupação, ansiedade ou qualquer outro sentimento ruim. Mas tudo mudou drasticamente quando foram EXPULSOS da presença do Senhor.

Responda as perguntas com suas próprias palavras:

1. O que a Bíblia diz que aconteceu com o pecado de Adão? (Rm 5.12)

 

___________________________________________________________________________

Essa tal “morte” que aparece nesse versículo é o que chamamos de MORTE ESPIRITUAL, que é a separação de Deus. A “morte” (separação) passou a TODOS os seres humanos. Assim como Adão e Eva foram banidos da presença do Criador, toda a geração deles também foi (isso nos inclui, infelizmente).

2. O que o Apóstolo Paulo afirmou a respeito? (Rm 3:23)

 

___________________________________________________________________________

Não existe exceção alguma: TODOS pecaram e TODOS foram destituídos da presença de Deus. Então, devemos compreender que essa é a SITUAÇÃO em que vive a humanidade: TODOS estão afastados de Deus. Destituídos da Glória de Deus significa SEPARADO DA GLÓRIA DE DEUS.

3. Qual a consequência principal do pecado? (Is 59:1,2)

 

___________________________________________________________________________

 

O princípio é o mesmo que foi aplicado a Adão e Eva: SEPARAÇÃO. O pecado NOS AFASTA de Deus. É por isso que TODOS os homens precisam da misericórdia de Cristo, pois TODOS foram afastados de Deus, destituídos da glória do Senhor.

4. Que frase estranha Jesus disse na cruz, pouco antes de morrer? (Mt 27:46)

 

___________________________________________________________________________

 

Por que o Pai haveria de abandonar o próprio Filho numa hora tão difícil? E por que Jesus não O chamou de PAI (como sempre chamou)? A resposta é a seguinte: naquele instante Jesus estava levando sobre si os pecados de TODOS NÓS. Por isso o Pai o abandonou.  

CONSIDERANDO O QUE APRENDEMOS na Palavra de Deus, nós temos DUAS responsabilidades seríssimas:

Primeira: Precisamos PERMANECER DE PÉ, na presença do Senhor. Custe o que custar, não podemos nos afastar do Senhor Jesus, ou quebraremos o propósito de Deus e seremos condenados.

Segunda: Precisamos ANUNCIAR O EVANGELHO e salvar vidas que estão condenadas por não conhecerem a Palavra da Salvação. Todo esforço é pouco para alcançar esse objetivo.